sábado, fevereiro 05, 2011

Colóquio do dia do autocaravanismo na Nauticampo....sala cheia...


 Decorreu durante a tarde de sábado, 5 de Fvereiro o previsto Colóquio sobre Autocaravanismo na FIL durante a Nauticampo, tendo sido publicamente dissecado o tema da utilização das autocaravanas dentro e fora dos parques de campismo, com esclarecimento das várias modalidades de que se reveste o respectivo regime juridico, com realce para o facto de se tratar de uma forma de turismo rodoviário, ainda emereente e carente de legislação adequada de enquadramento, incluindo a necessidade de nova sinalização.

Registam-se pelo seu interesse positivo, entre outras, as intervenções do Presidente da Federação, do Movimento Portugal Tradicional e do Secretário-Geral do MIDAP e ainda do Presidente da Direcção do CPA.

Verificaram-se também contributos de vários autocaravanistas presentes, que permitiram distinguir a ultilizaçao em campismo, de uma autocaravana dentro dos parques de campismo, ou apenas em estacionamento quando a estadia é limitada no tempo, da sua utilização completamente diversa, e fora dos quadros do campismo, quando é utilizada fora dos parques de campismo, caracterizadamente como forma rodoviária de turismo itinerante (touring).

Na ocasião foi também divulgado que a ACAP ja subscreveu a Plataforma de Filosofia, Doutrina e Ética Autocaravanista, que igualmente conta com as assinaturas do ACP, da PRP, da Federação -FCMP, do CPA e de vários outros clubes de autocaravanistas, e entidades como o MIDAP e o CAB, e também da Newsletter Autocaravanismo, globalmente claramente representativos do Movimento Autocaravanista.

1 comentário:

Haddock disse...

Caro amigo

Você acredita mesmo no que está a dizer?
É verdade que permaneci no local pouco tempo, porque o que ali se estava a passar me pareceu confrangedor.
Não assisti á intervenção do nosso amigo Seco mas, na generalidade, o que ali se estava a passar era bem representativo do estado em que se encontra o associativismo relacionado com o autocaravanismo entre nós.
Esta é, pelo menos, a minha opinião!